Monte do Pintor 750ml

R$148,00

Vinho Regional Alentejano, Tinto 2011

Tradicionalmente do Alentejo, em 2003 surge um vinho de forte personalidade, com o combinado perfeito com o “Terroir” e com a vinha que proporciona a produção de vinhos distintos e diferenciados.

Monte do Pintor. Emocionalmente distinto.

Técnicas de Produção: Vinificado com a curtimenta completa em cubas de aço inox (maceração de 10 a 15 dias) com controle de temperatura. Estágio de 12 meses em madeira e 6 meses em garrafa.

Notas de Prova:
Este Monte do Pintor 2011, mostra a expressão das melhores uvas das castas Aragonez, Trincadeira e Castelão. O vinho depois de estagiado durate 12 meses em barricas de carvalho francêS, mostra aromas concentrados de compotas de frutas negras e especiaria, num conjunto fresco, equilibrado e de longa e elegante persistência.

Sugestão de Serviço
Para preservar as características deste vinho, aconselha-se consumo a 16-18°C.

Castas: Aragonez, Trincadeira e Castelão

Teor Alcoólico: 14,5%

Acidez Total: 5,6

pH: 3,69

Acidez Volátil: 0,80

Enologia: David Patricio

Produção: 22 500 garrafas

Capacidade: 750 ml

Expedição: Europalete

O rótulo pé de autoria do Escultor Português João Cutileiro. Este vinho não foi estabilizado pelo que, com tempo, pode vir a apresentar ligeiro depósito.

REF: 604961Categoria:

Descrição

Vinho Regional Alentejano, Tinto 2011

Tradicionalmente do Alentejo, em 2003 surge um vinho de forte personalidade, com o combinado perfeito com o “Terroir” e com a vinha que proporciona a produção de vinhos distintos e diferenciados.

Monte do Pintor. Emocionalmente distinto.

Técnicas de Produção: Vinificado com a curtimenta completa em cubas de aço inox (maceração de 10 a 15 dias) com controle de temperatura. Estágio de 12 meses em madeira e 6 meses em garrafa.

Notas de Prova:
Este Monte do Pintor 2011, mostra a expressão das melhores uvas das castas Aragonez, Trincadeira e Castelão. O vinho depois de estagiado durate 12 meses em barricas de carvalho francêS, mostra aromas concentrados de compotas de frutas negras e especiaria, num conjunto fresco, equilibrado e de longa e elegante persistência.

Sugestão de Serviço
Para preservar as características deste vinho, aconselha-se consumo a 16-18°C.

Castas: Aragonez, Trincadeira e Castelão

Teor Alcoólico: 14,5%

Acidez Total: 5,6

pH: 3,69

Acidez Volátil: 0,80

Enologia: David Patricio

Produção: 22 500 garrafas

Capacidade: 750 ml

Expedição: Europalete

O rótulo pé de autoria do Escultor Português João Cutileiro. Este vinho não foi estabilizado pelo que, com tempo, pode vir a apresentar ligeiro depósito.

Informação adicional

Peso1000 g
Castas de Uvas

Aragonez, Castelão, Trincadeira

Nacionalidade

Portugal

Tamanho Garrafa

750ml

Tipo

Vinho Tinto